Home >> Artigos

Onde está o meu coração?

Ir. Luciene Sá - mnsg

Refrão: "O meu coração é só de Jesus, e a minha alegria é a santa Cruz"

 

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12,32-48

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 32 'Não tenhais medo, pequenino rebanho, pois foi do agrado do Pai dar a vós o Reino. 33 Vendei vossos bens e dai esmola. Fazei bolsas que não se estraguem, um tesouro no céu que não se acabe; ali o ladrão não chega nem a traça corrói. 34 Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. 35 Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas. 36 Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater. 37 Felizes os empregados que o senhor encontrar acordados quando chegar. Em verdade eu vos digo: Ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa e, passando, os servirá. 38 E caso ele chegue à meia-noite ou às três da madrugada,felizes serão, se assim os encontrar! 39 Mas ficai certos: se o dono da casa soubesse a hora em que o ladrão iria chegar, não deixaria que arrombasse a sua casa.40Vós também ficai preparados!Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que menos o esperardes'. 41 Então Pedro disse: 'Senhor,tu contas esta parábola para nós ou para todos?' 42E o Senhor respondeu: 'Quem é o administrador fiel e prudente que o senhor vai colocar à frente do pessoal de sua casa para dar comida a todos na hora certa? 43 Feliz o empregado que o patrão, ao chegar, encontrar agindo assim! 44 Em verdade eu vos digo: o senhor lhe confiará a administração de todos os seus bens. 45 Porém, se aquele empregado pensar: 'Meu patrão está demorando', e começar a espancar os criados e as criadas, e a comer, a beber e a embriagar-se, 46 o senhor daquele empregado chegará num dia inesperado e numa hora imprevista, ele o partirá ao meio e o fará participar do destino dos infiéis.47Aquele empregado que, conhecendo a vontade do senhor,nada preparou, nem agiu conforme a sua vontade,será chicoteado muitas vezes.48Porém, o empregado que não conhecia essa vontade e fez coisas que merecem castigo,será chicoteado poucas vezes.A quem muito foi dado, muito será pedido;a quem muito foi confiado, muito mais será exigido! Palavra da Salvação.

 1) O que o texto diz (Leitura):   "Não tenhais medo, pequenino rebanho, pois foi do agrado do Pai dar a vós o Reino. Vendei vossos bens e dai esmola. Fazei bolsas que não se estraguem um tesouro no céu que não se acabe; ali o ladrão não chega nem a traça corrói. Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas". Abertura do coração, disponibilidade e vigilância (Não cochilar) para acolher o Reino de Deus, o grande tesouro que é o próprio Jesus. O Evangelho traz uma grande interrogação: A qual tesouro o nosso coração está apegado, dos bens do reino do céu ou dos do reino do mundo? O meu coração está em Deus ou nos bens materiais? Qual tem prioridade em minha vida? Basta prestar atenção ao coração, para que às escolhas sejam sensatas e verdadeiras.

2) O que o texto me diz (meditação):     O Texto refere-se ao coração humano, fonte de todo desejo, que expressa toda riqueza interior que procede as motivações diversas e também toda maldade. Conforme afirma o Catecismo da Igreja, o coração é "onde a pessoa se decide ou não por Deus" (CIC 368). Ainda segunda as Sagradas Escrituras o coração revela a profundidade da pessoa humana e sua abertura para Deus (Reino) e para os outros, riqueza maior que todos os bens que a traça e a ferrugem não destroem. A Liturgia da Palavra deste domingo faz uma advertência ao desapego das posses abrindo desse modo o coração a partilha e a constante vigilância numa atitude de alerta e prontidão para perceber sinais do Reino de Deus. Daí a necessidade de uma sensibilidade tal que leve a reconhecer a presença de Jesus que vem ao encontro do seu povo para inaugurar o Reino e fazer acontecer uma libertação plena, nos inserindo numa dinâmica de comunhão com o Pai. Porém não podemos dormir no ponto.

3) O que experimento diante da palavra? (Contemplação) Deus nos encoraja: "Não tenhais MEDO" pois seu Reino é dom gratuito. O Texto Bíblico também nos propõe uma nova postura de espera serena, atenta e criativa para aguardar com alegria e dinamismo a chegada do Senhor, sem se fechar no comodismo. Pois o autêntico discípulo missionário não vive alienado e muito menos de braços cruzados, mas sim na fidelidade e no compromisso com a Boa Nova, vivendo os valores do Reino.

 4)  O que a Palavra me leva a falar com Deus?(Oração)  Deus Nosso Pai, nós Te agradecemos porque foi do vosso agrado trazer para o meio de nós o teu Reino. Abre o nosso coração para receber Jesus Cristo, vosso tesouro incorruptível. Daí -nos a graça de esperar e saber preparar bem para o vosso advento.

 5) O que a Palavra me leva a viver?(ação)  Cultivar diariamente a vigilância para escutar os apelos do Senhor e sobretudo, para abraçar o Reino Celeste como o único e incomparável tesouro da vida.

 

Obrigado por fazer um encontro pessoal e comunitário com o Senhor como corajosos missionários do Reino de Deus.



+ Leitura Orante


Instituto Nossa Senhora das Graças

Irmãs Gracianas

Por Maria tudo ao Salvador!

FAÇA SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Copyrights © MMXVI Irmãs Gracianas | Produzido e Hospedado por Actio Comunicação | Template by W3layouts | Acessar webmail