Home >> Artigos

Apresentação do Senhor

Irmã Maria Ângela Moreira, mnsg

APRESENTAÇÃO DE JESUS NO TEMPLO - FESTA DA LUZ

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Espírito Santo de Deus ilumina-me e inspira-me neste momento orante com a santa Palavra, coloque em meu coração, mente e todo o meu ser a direção que devo tomar e assim eu possa viver e acolher as inspirações divinas. Amém!

1 - Preparo-me para a Leitura Orante com o canto:

Deixa a Luz do Céu Entrar

Tu anseias, eu bem sei, por salvação/ tens desejo de banir a
escuridão/ Abre, pois, de par em par o teu coração/ E deixa a luz
do céu entrar.

Cristo, a luz do céu em ti/ quer habitar/ para as trevas do pecado
dissipar/ Teu caminho e coração iluminar/ e deixa a luz do céu
entrar.

Que alegria andar ao brilho desta luz/ Vida eterna e paz no
coração produz/ Oh! Aceita agora o Salvador Jesus/ E deixa a luz
do céu entrar.

2 - Tomo contato com o texto de hoje:

Lc 2,22-40
Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém a fim de apresentá-lo ao Senhor, conforme está escrito na lei do Senhor: "Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor". Foram também oferecer o sacrifício - um par de rolas ou dois pombinhos -, como está ordenado na lei do Senhor. Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor. Movido pelo Espírito Santo, Simeão veio ao templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a lei ordenava, Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; porque meus olhos viram a tua salvação, que preparaste diante de todos os povos: luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel".
O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: "Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma". Havia tembém uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. Depois ficara viúva e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. Depois de cumprirem tudo, conforme a lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.

3 - Meditação: - O que o texto diz para mim hoje?
Jesus é a grande luz para todos os povos que se revela e projeta o amor misericordioso do Pai. Simeão e Ana impulsionados pelo grande sinal e cheios do mesmo Espírito Santo rezam, louvam e bendizem a Deus, porém anunciam as sombras de morte, pois em suas palavras mostram aqueles que vão se opor a esta verdade. Pela profecia de ambos percebo uma dimensão profética e as palavras me ajudam a pensar na verdade libertadora de Jesus e na luz da fé do meu batismo, pois quero reaprender a permanecer firme no compromisso de iluminar, sustentada pela Palavra e nesta dimensão devo ser uma apóstola com uma fé mais autêntica de comunhão e missão.

      4 - Oração - O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
      Ó Espírito Santo de Deus, iluminai e aquecei o meu coração com a claridade de vossa luz, para que movida pelo amor eu possa alargar o caminho iniciado pelo meu batismo. Enchei-me de vossa graça e de vossa força, para que movida pela fé, continuo permanecendo firme: no meio da tempestade e no meio da bonança, na hora da derrota e na hora da vitória, perante a morte e perante a vida. Que eu me deixe ser orientada e ser conduzida com a  iluminação e sabedoria dos profetas de hoje, aquecida pela luz da fé.

5 - Contemplações (vida e missão)
- Diante desta Palavra, qual é a minha ação?
Nesta missão de discípula Missionária Graciana quero ser cada vez mais morada da Trindade, sabendo que o cerne da vivência do batismo é conhecer e viver o dom de Deus que se revela, à medida que me torno disponível para assumir o compromisso com a causa do Reino. Portanto diante das necessidades das crianças e adolescentes que no momento estão também aos meus cuidados e sustentada pela Espírito Santo, quero reacender em seu corações a chama da acolhida, da Esperança e do Amor levando-as a compreender que são filhas queridas e amadas pelo Deus da vida e que precisamos caminhar com Ele. Iluminada e seguindo este sinal, possa ser ainda um facho desta grande luz para todos os irmãos pelo testemunho das minhas ações.

Bênção
Deus vos abençoe e vos guarde. Ele vos ilumine com a luz de sua face e vos seja favorável. Ele vos mostre o seu rosto e vos traga a paz. Ele vos dê a saúde do corpo e da alma. Nosso Senhor Jesus Cristo esteja perto de vós para vos defender, em vosso coração para vos conservar; seja o vosso guia para vos conduzir; ele vos acompanhe para vos guardar, olhe por vós e sobre vós derrame a sua bênção. Ele que vive com o Pai, na unidade do Espírito Santo.
Amém.




+ Leitura Orante


Instituto Nossa Senhora das Graças

Irmãs Gracianas

Por Maria tudo ao Salvador!

FAÇA SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Copyrights © MMXVI Irmãs Gracianas | Produzido e Hospedado por Actio Comunicação | Template by W3layouts | Acessar webmail