Home >> Artigos

TENTAÇÃO DE JESUS

Irmã Luciana Márcia da Silva - mnsg.

Preparar o ambiente externo e interno, silenciar o coração

Invocação à Santíssima Trindade

 Leitura do texto bíblico (leia, releia)

 Evangelho de Mateus 4, 1-11

Naquele tempo, Jesus foi conduzido pelo Espírito ao deserto, a fim de ser tentado pelo Demônio. Jejuou quarenta dias e quarenta noites e, por fim, teve fome. O tentador aproximou-se e disse-lhe: "Se és Filho de Deus, diz a estas pedras que se transformem em pães". Jesus respondeu-Lhe: "Está escrito: 'nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus'". Então o Demônio conduziu-O à cidade santa, levou-O ao ponto mais alto do templo e disse-Lhe: "Se és Filho de Deus, lança-Te daqui abaixo, pois está escrito: 'Deus mandará aos seus Anjos que te recebam nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra'". Respondeu-lhe Jesus: "Também está escrito: 'Não tentarás o Senhor teu Deus'". De novo o Demônio O levou consigo a um monte muito alto, mostrou-Lhe todos os reinos do mundo e a sua glória, e disse-Lhe: "Tudo isto Te darei, se, prostrado, me adorares". Respondeu-lhe Jesus: "Vai-te, Satanás, porque está escrito: 'Adorarás o Senhor teu Deus e só a Ele prestarás culto'". Então o Demônio deixou-O e logo os Anjos se aproximaram e serviram Jesus.

Palavra da Salvação: Glória a Vós Senhor.

Meditação - O que o texto me diz?

O texto narra Jesus no deserto, jejuou 40 dias e 40 noites. Na Bíblia o deserto é sempre um lugar que remete a oração, penitência, lugar de difícil de viver. Noite expressa escuridão no sentido exato da palavra, momento de ausência de luz, desafios, lutas, crises. O texto fala que Jesus sentiu fome e, neste momento o diabo entra em cena, tenta Jesus por três vezes, isso mostra que também Ele teve momentos difíceis no deserto, porém, resistiu por estar fortalecido no Pai. As tentações são constantes na vida de todo aquele que busca fazer a vontade do Pai, que busca ter uma vida autêntica e verdadeira, pautada pelos valores do Evangelho. O texto relata a tentação do ser, ter e do poder, tentações presentes em dias atuais. Em vez de soluções mágicas, Jesus propõe partilha, libertação do individualismo, em vez de prestígio pessoal, Jesus quer dignidade para todos. É preciso dizer não ao poder concentrado e centralizador, Jesus serve com autoridade, dando-nos exemplo de que quem quiser ser o maior seja o servidor de todos. É hora de nos confrontarmos, como tenho usado os "poderes" que eu tenho? Uso para gerar vida ou morte? Para libertar ou escravizar? Diante da tentação o que se pode fazer? Em Jesus temos a resposta, colocar-se em intimidade com o Pai, alimentar-se da Palavra e dos valores do Evangelho. Ninguém está isento das tentações do capitalismo, hedonismo, consumismos e tantos "ismos" que invadem nossas vidas e famílias querendo-nos dominar, ao passo que a força que emana na oração, na intimidade com Deus, ainda que nos desertos da vida, nos garantem a fidelidade e firmeza em nossos propósitos. Em Jesus e com Jesus os desertos da vida podem ser ressignificados.

 Oração - O que a meditação me ajuda a dizer a deus?

Senhor, diante do texto eu me coloco em oração, quero rezar minha vida.  Quero perceber nos desertos da vida, onde tenho buscado forças para vencer as tentações? Senhor abri meu coração, fortalece meus propósitos de vos amar e servir sempre, vencendo as tentações que me rodeiam a todo instante. (faça a oração que brotar de seu coração, agradeça a Deus a força recebida a cada dia, peça força para o caminho. Fique em silêncio, sinta-se no coração de Deus, deixe-se abraçar por Ele, deixe-se acalmar em Deus).

Contemplação

Como vou olhar a vida a partir da Palavra? Como vou olhar a Palavra a partir da vida? Contemplando o texto, posso também contemplar minha vida, minha história, as tentações diárias que sou exposta. Diante das tentações que Jesus sofreu quero ficar atenta as tentações que me rodeiam, vou alimentar-me mais da Palavra e escolher um gesto concreto para a semana.

 

Bênção

O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6, 24-27)

Abençoe-nos Deus amoroso e misericordiosos, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

 

Ir Luciana Márcia da Silva, mnsg

lumnsg@gmail.com

 

 

 

 

 

 

 

 



+ Leitura Orante


Instituto Nossa Senhora das Graças

Irmãs Gracianas

Por Maria tudo ao Salvador!

FAÇA SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Copyrights © MMXVI Irmãs Gracianas | Produzido e Hospedado por Actio Comunicação | Template by W3layouts | Acessar webmail