Home >> Artigos

Entre nós, quem é o maior?

Ir. Valdinéia Aparecida


 

1- Começo com a oração:

"Jesus, Mestre Divino, Vós sois a vida, o amor. Morrestes numa cruz para o mundo renascer todo novo, vida plena. Nós vos louvamos, Senhor, pela vida que nos dais. Vós viveis em nós, nós vivemos em Vós. Vós sois a nossa vida. Jesus, Mestre divino, dai-nos o Espírito Santo, seremos livres, enfim. Saberemos amar, espalhar só o bem e a paz. Jesus, Mestre divino, plenificai o nosso ser. Nossa vida vos irradie, nossa voz sempre anuncie ao mundo a Boa Nova. Amém."

 

2-Leio e releio atentamente Mc 9, 30-37. Observo pessoas, palavras, relações, lugares.

 

Jesus e os discípulos saíram daquele lugar e continuaram atravessando a Galiléia. Jesus não queria que ninguém soubesse onde ele estava porque estava ensinando os discípulos. Ele lhes dizia: O Filho do Homem será entregue nas mãos dos homens, e eles vão matá-lo; mas três dias depois ele ressuscitará. Eles não entendiam o que Jesus dizia, mas tinham medo de perguntar. Jesus e os discípulos chegaram à cidade de Cafarnaum. Quando já estavam em casa, Jesus perguntou aos doze discípulos: O que é que vocês estavam discutindo no caminho? Mas eles ficaram calados porque no caminho tinham discutido sobre qual deles era o maior. Jesus sentou-se, chamou os doze e lhes disse: Se alguém quer ser o primeiro, deve ficar em último lugar e servir a todos.
Aí segurou uma criança e a pôs no meio deles. E, abraçando-a, disse aos discípulos:
- Aquele que, por ser meu seguidor, receber uma criança como esta estará também me recebendo. E quem me receber não recebe somente a mim, mas também aquele que me enviou.
Palavra da salvação.

 

3- O que diz o texto?

 

O conteúdo dos ensinamentos de Jesus aos seus discípulos era o anúncio de sua paixão, morte e ressurreição. Surge uma situação que entristece a Jesus, é a insensibilidade dos discípulos com a angústia que ele acabara de partilhar. O pensamento dos discípulos era contrário aos de Jesus, pois, no caminho, enquanto Ele lhes falava do que iria lhe acontecer, eles discutiam para ver quem era o maior. Quando perguntam sobre quem é o maior, "os discípulos deixam transparecer suas rivalidades e ambições, espírito de grandeza, bem como sua incompreensão do Reino de Deus". Infelizmente, o que eles tinham interiorizado em seus corações, eram os critérios da velha sociedade edificada a partir dos poderosos. Diante disso, Jesus prossegue ensinando, cortando o mal pela raiz. Senta-se, chama-os, e as palavras ditas, explicam que não devem se preocupar com o primeiro lugar, mas com o último. Pois é ali, a serviço de todos, que deve estar aquele que pretende ser o primeiro. E grande no Reino, é aquele que serve. E por fim, Jesus pega uma criança, coloca-a no meio, abraça-a.  

 

3- O que o texto diz para mim?

 

Temos todos, a mesma tentação, de caminharmos pela vida, emaranhados de tantas ocupações, títulos e funções, e disputarmos por saber: quem é o maior? Quem entre nós é melhor? Quem tem mais competência? Quem é o primeiro? Quem é que manda? Será que não há um impulso de poder - competitivo controlando, esvaziando o verdadeiro sentido do serviço, da entrega, da doação, da solidariedade e outras tantas atitudes evangélicas? Jesus nos ensina que a base fundamental para ser o maior e o primeiro é a humildade e o serviço. É não desprezar e nem desqualificar a ninguém. Ensina-nos que na lógica do Reino de Deus, não existem superiores e inferiores, maiores ou menores. A única medida é a do amor e do serviço totalmente livre de más intenções e de interesses exclusivamente pessoais. Na realidade atual, onde cresce a cada dia, a disputa pelo poder e defesa de privilégios é possível viver os ensinamentos de Jesus?

 

4- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?

Faze-nos Senhor, prestar atenção no caminho. Ver além do que está à nossa frente. Ajuda-nos a preocupar-nos com assuntos comunitários, úteis, que envolvem nossos irmãos mais sofredores. A quebrarmos a crista do orgulho, para que sejamos mais humildes e acolhedores. Menos ganância e competição diante do poder.

 

5- Qual compromisso vou assumir á partir desta palavra?

Qual apelo ela despertou em meu coração? O que desejo colocar em prática neste dia?

Bênção

- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

 

Ir. Valdinéia Aparecida dos Santos, MNSG

Costa Marques - RO



+ Leitura Orante


Instituto Nossa Senhora das Graças

Irmãs Gracianas

Por Maria tudo ao Salvador!

FAÇA SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Copyrights © MMXVI Irmãs Gracianas | Produzido e Hospedado por Actio Comunicação | Template by W3layouts | Acessar webmail