Home >> Artigos

Trindade: Deus é Comunhão

Ir. Mª de Lourdes Altera, mnsg



TRINDADE: DEUS É COMUNHÃO

"...batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo" (Mt 28,19)

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Coloco-me na presença de Deus. Abro-me à ação do Espírito Santo para que Ele continue a falar em mim e que eu possa meditar a Palavra e colocá-la na minha vida. Tomo consciência da força transformadora da Palavra de Deus.

 

HINO

 

Ó Trindade imensa e una,

vossa força tudo cria;

vossa mão, que rege os tempos,

antes deles existia.

 

Vós, feliz, num gozo pleno,

totalmente vos bastais.

Pura, simples, generosa,

terra e espaços abraçais.

 

Pai, da graça fonte viva,

Luz da glória de Deus Pai,

Santo Espírito da vida,

que no Amor os enlaçais.

 

Só por vós, Trindade Santa,

suma origem, todo bem,

todo ser, toda beleza,

toda vida se mantém.

 

Nós os filhos adotivos,

pela graça consagrados,

nos tornemos templos vivos,

a vós sempre dedicados.

 

Ó Luz viva, reuni-nos

com os anjos, lá nos céus,

no louvor da vossa glória

que veremos, sem ter véus.

 TEXTO BÍBLICO:  Mt 28,16-20

1.      O que o texto diz ( Ler e reler o texto pausadamente? 

No Evangelho, os discípulos de Jesus recebem a missão de implantar o Reino da fraternidade Universal: "Ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo". A missão dos discípulos e, portanto, de todos os seguidores de Jesus, continua sendo a de fazer acontecer a comunhão, a exemplo da família divina, da qual somos imagem e semelhança.

2.      Meditação: O que o texto diz para mim? 

 Nessa Solenidade da Santíssima Trindade somos convocados a viver a experiência da comunhão. Nosso Deus é "comunhão de três pessoas": o Pai, o Filho e o Espírito Santo, que caminham conosco e nos faz participante do seu mistério de amor. O maior louvor que podemos oferecer a Comunidade divina, é a nossa abertura à ação do Espírito que nos faz participantes da mesma obediência de Jesus à vontade do Pai.

3.      Contemplação: O que a Palavra me leva a experimentar?

A liturgia é um convite a contemplar o Deus que é amor, que é família, que é comunidade e que criou os homens para os fazer comungar nesse mistério de amor.  

4.      Oração: O que a Palavra me leva a falar com Deus? 

Fazer uma pequena oração de acordo com o texto.

Ó Deus, nosso Pai, enviando ao mundo a Palavra da verdade e o Espírito santificador, revelastes o vosso inefável mistério. Fazei que, professando a verdadeira fé, reconheçamos a glória da Trindade e adoremos a Unidade onipotente. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

5.      Ação: O que a Palavra me leva a realizar?

Escolher um compromisso para a vida.

Toda pessoa traz dentro de si uma força interior que a impele a sair de si, a criar laços de fraternidade, a fortalecer a comunhão. Essa força vem da graça de Deus que atua em cada ser. Fomos criados "à imagem e semelhança" do Deus Trindade, comunhão de Pessoas. Quanto mais unidos somos mais nos parecemos com o Deus Trindade.

Concretamente, como tem sido essa manifestação do mistério da comunhão Trinitária em sua vida?


Bênção:
O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre a sua face e se compadeça de nós! O Senhor volte para nós a sua face e nos dê a sua paz! O Senhor nos abençoe. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!





+ Leitura Orante


Instituto Nossa Senhora das Graças

Irmãs Gracianas

Por Maria tudo ao Salvador!

FAÇA SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Copyrights © MMXVI Irmãs Gracianas | Produzido e Hospedado por Actio Comunicação | Template by W3layouts | Acessar webmail